Já descobriram a Lucuma?

Lucuma é um super alimento, que eu descobri recentemente. O que é? É um fruto natural da América do Sul, e tem inúmeros benefícios. Por cá a forma temos a versão em pó, e é cada vez mais fácil encontrá-los e lojas de produtos naturais, e não só também as grandes superficieis começam a oferecer este super alimento.

photo-1506368249639-73a05d6f6488.jpeg

https://unsplash.com/photos/vA1L1jRTM70

Este superalimento é um ótimo adoçante natural. Claro que quem está habituado a consumir açúcar vai achar que a Lucuma não adoça nada, mas quem como eu não consume açúcar, verá as propriedades adoçantes deste fruto. Podem colocar nas vossas panquencas, bolos, bolachas, basicamente em tudo ao que queiram dar um sabor mais adocicado e ligeiramente abaunilhado.

Mas os beneficios não ficam por aqui. A lucuma é rica em antioxidantes, rica em fibra, poder anti-inflamátoria, anti-viral e anti-bacteriano. É ainda bom para o sistema digestivo e ainda rico em vitaminas e mineriais. Só coisas boas.

Uma nota. Um superalimento é apenas isso mesmo, um superalimento. Não é a salvação para a nossa vida, nem para a nossa alimentação. Estes alimentos e superalimentos devem fazer parte da nossa alimentação, claro, mas é fundamental que esta se mantenha  o mais diversificada possível. No que toca a alimentação é preciso sempre ler muito, investigar e explorar, e é fundamental termos os conselhos de um nutricionista a quem possamos recorrer sempre que possível.

blog_signature

Anúncios

Como podemos comer melhor e ainda poupar uns trocos?

Todos deveríamos ter tempo para cozinhar e comer o que mais gostamos todos os dias, não é? Mas a verdade é que isso não acontece. Muitas vezes andamos atrás do tempo, comemos no carro, ou ao computador, ou ainda em sítios mais loucos e descabidos apenas porque comemos para sobreviver. Não planear o que comemos leva-nos, regra geral, a comer porcaria e gastar dinheiro desnecessariamente, o que ninguém quer (porque se for para comer porcaria então que seja intencional).

Deixo-vos 3 dicas, que resultaram comigo, para conseguir comer melhor.

  1. Ter uma lista mental ou escrita com o que vamos comer na semana ou próximos dias. É dificil? Se calhar sim, mas vai trazer frutos. Eu costumo idealizar por objetivos, por exemplo, se tenho trabalho 4 dias seguidos planeio o que comer nesses 4 dias e nas folgas seguintes logo preparo o restante. Esta lista Ajuda muito até no que toca a fazer compras. Sou das que não consigo fazer muitas compras e que acha que falta sempre alguma coisa. Normalmente falta-me é tempo!
  2. Ter sempre pontos seguros, e isto pode ser fruta, snacks ou sopa. Aquelas coisas que  podemos ter em grandes quantidades em casa e que nos podem safar em qualquer momento. Podem fazer os vossos snacks se quiserem reduzir o custo e os níveis de açúcar.
  3. Tirem tempo para comer. Eu falho imensas vezes aqui. Mas lembrem-se que é importante também descontrairmos um pouco. Comigo a comida tem um efeito terapeutico, relaxa-me. Parar um pouco faz parte, e vocês, assim como eu, podem dar-se a esse luxo.

blog_signature

A minha (melhor) receita de panquecas.

Eu adoro o pequeno almoço. É de longe a minha refeição favorita e não a dispenso por nada. Se há um dia em que tenho trabalho cedo e não posso dedicar o tempo certo ao meu pequeno almoço merece.

Sempre que partilho fotos recebo uma chuva de perguntas de como faço as minhas panquecas e de forma a responder a todos, deixo-vos aqui a minha receita, que vai sendo atualizada. Aqui no blogue encontram outras receitas, mas esta é a minha receita favorita e melhorada. Espero que gostem.

3

Vamos precisar de:

2

Colocamos todos os ingredientes num processador e transformamos numa mistura homogénea. E é só criar as panquecas.

Gosto de as rechear com manteiga de amendoim e morangos, ou outra fruta (fica incrível com mirtilos, framboesas, amoras e manga).

É simples e tão, mas tão saboroso que não vão conseguir resistir a repeti-lo todos os dias.

Aguardo a vossa opinião.

blog_signature

3 produtos da PROZIS que eu mais gosto

A Prozis está na moda, e com razão, porque tem produtos maravilhosos e tão, mas tão saborosos, cada vez mais acessíveis a todos os portugueses.

A Prozis para quem não sabe é uma marca de produtos alimentares desportivos e funcionais, ou seja, tanto dá para o desportista de alto rendimento como para o português comum que não mexe uma palha sequer.

Conheci a marca há mais de um ano, online, e após a primeira encomenda que fiz apaixonei-me e comecei a experimentar mais e mais produtos. Recentemente comecei a encontrar os meus favoritos da Prozis nas grandes superfícies comerciais tudo se tornou ainda mais fácil. Não vou dizer que tudo o que experimentei é maravilhoso, porque não, mas estes 3 produtos (e outros que embora não sejam os meus favoritos são muito bons) são mesmo incríveis e fazem parte da minha alimentação.

O primeiro não é novidade e já falei dele toneladas de vezes, Oatmeal + Whey, no sabor brownie. É só maravilhoso! ❤ Vai bem com tudo e dá um gostinho maravilho às minhas panquecas e crepes. Não tem adição de açúcar, o que também é muito importante. Nunca provei outros sabores porque em equipa vencedora não se mexe. DICA: se quiserem adicionar fruta, escolham frutas mais ácidas porque ficará delicioso em contraponto com o sabor do brownie.

Manteiga de amendoim crocante. Notem bem, a crocante é só qualquer coisa de outro mundo. Tem pedaços de amendoim e sabe tãaaao bemmmmm! Quem gosta de amendoim vai perceber o quão delicioso é. Esta é a melhor manteiga de amendoim de sempre. Esqueçam qualquer uma que tenham comprado, esta é a melhor que já comi. O preço é super bom para 500g de produto e há ainda a versão de 1kg. Dica: misturem fruta com esta manteiga e percebem a delícia que é.

O Lean Bread, o pão multicerais é tão, mas tão bom! Baixo em açúcares e hidratos de carbono. Não é fácil comprar porque temos sempre o comprar online e com a crescente gama nas grandes superfícies, acabamos por não estar dispostos a pagar os portes de envio para comprar pão apenas, mas já o comprei tantas vezes e gosto muito. Este pão aguenta-se bastante tempo, mas podem sempre congelar algumas fatias se como eu comem menos quantidade. Uma boa alternativa a este pão (quando não consigo na Prozis) é o do Continente Shape.

E pronto estes são o meu top 3. E vocês já experimentaram algum destes produtos? Qual o vosso favorito?

blog_signature

5 produtos que mais utilizo na cozinha.

Cozinhar faz parte da vida integral da nossa vida. Nunca fui fã de cozinha até casar, e a necessidade fez o engenho: já que tenho de cozinhar, quero fazê-lo bem e saboroso possível. A minha alimentação sofreu grandes transformações ao longo destes anos e entretanto deixei de comer carne e depois açúcar. Esta última transformação foi sem dúvida a maior de todas e que mais me desafiou (e ainda desafia).

brooke-cagle-32431-unsplash

Photo by Brooke Cagle on Unsplash

Hoje vou deixar-vos 5 produtos que tenho sempre em casa e que fazem parte integral da minha alimentação e cozinha.

Abacate. Eu coloco abacate em quase tudo: transforma uma salada desinteressante em saborosa, faz o melhor guacamole, dá vida a wraps, aperitivos, pratos, ou seja, tudo basicamente. Sou da equipa “abacate salgado” e sumo de lima, especiarias e um toque de sal dos himalaias fazem de qualquer abacate um sonho.

Oatmeal + Whey da Prozis, no sabor brownie. Já falei deste produto inúmeras vezes e não o dispenso nos meus pequenos-almoços. Não tem açúcar adicionado, e tem um sabor delicioso. Consumo apenas uma a duas colheres por dia, mas dá vida às minhas panquecas e crepes. Com fruta ficam irresistíveis. Já utilizei também para fazer bolos, bolachas e ainda bebidas quentes. A imaginação é o limite!

Curgete. Aprendi a gostar deste vegetal e hoje consigo comê-lo com quase tudo. Começou nas minhas sopas, e agora está nas minhas pizas, saladas, zoodles. Sabe bem crua e confeccionada. Tenho sempre toneladas cá em casa. NOTA: zoodles de curgete com um abacate bem temperado é delicioso, e um prato que fazemos em 5 minutos.

Bebidas vegetais. De aveia ou amêndoa tenho sempre cá em casa. Para as panquecas ou para uma bebida quente é absolutamente delicioso. Comprei os últimos da BIO do Continente (não está disponível online, mas encontram em loja) e de todos foram o que gostei mais!

Ovos. Como consigo comprar caseiros ainda melhor. Normalmente compro ovos que “castigam” o mínimo possível as galinhas (se é que isto é possível) e os caseiros são a melhor opção em todos os aspetos. De qualquer forma deixo-vos esta imagem partilhada pela Dra. Iara Rodrigues, de forma a perceberem melhor a origem dos vossos ovos:

E vocês o que têm sempre em casa?

blog_signature