Mete a ansiedade no…. baú!

erwan-hesry-166245

Photo by Erwan Hesry on Unsplash

A ansiedade é uma das maiores causas de noites perdidas dos seres humanos, logo a seguir a bebés. Potencia grandemente as rugas e o mau aspecto geral da pele. E pior que isso rouba-nos a oportunidade de vivermos da melhor forma o presente, porque estamos preocupados com um futuro que não conhecemos.

O ser humano tem a compulsão de querer controlar tudo. Controlar os momentos da sua vida, as repercussões das suas decisões, e os acontecimentos casuais com que se depara ao longo da sua existência. A verdade é que a única coisa que podemos controlar são as nossas atitudes e decisões. Todo o resto está fora do nosso controlo. A isso deixa-nos ansiosos e preocupados.

Queremos controlar a meteorologia, o tempo em que acontecem as coisas, o nosso chefe, o nosso marido e filhos, o nosso dinheiro, a nossa saúde… e nada disto é controlável.

Podemos idealizar e planear o casamento mais maravilhoso de sempre. Mas podemos controlar a chuva? Não.

Fazemos uma poupança no banco. Podemos controlar aparecer uma multa ou uma despesa milionária que nos leva todos os cêntimos? Ou ficarmos em trabalho?

Podemos controlar o nosso marido e as suas decisões? Ou dos nossos filhos? Não.

Em vez de nos libertar-nos do peso de coisas que não controlamos, e esperarmos sempre o melhor, vivemos tantas vezes presos ao medo do que virá. E se? E se? E se?

Probabilidades há muitas, mas aquilo que alimentamos a nossa mente e o que sai da nossa boca também influencia onde vamos chegar. Se estivermos constantemente a pensar no pior cenário (ainda que inconscientemente), se este venha a colocar-se provavelmente entraremos em desespero e todas as previsões malogradas enchem a nossa mente retirando-nos a capacidade de reação. E não reagir é o pior que se pode “fazer” perante um problema.

Sempre ouvi a expressão “cada coisa a seu tempo” e há tempo de viver tudo. Não vale a pena estar preocupado com coisas que não controlamos. Desfruta o hoje com o que tens, e com quem está à tua volta. Não voltarás a viver este dia, e mesmo quem tens hoje contigo, pode não estar contigo no dia seguinte. Cada dia reserva sempre algo novo. Se vamos ter dias terríveis? Sim claro! Mas a forma como vivemos a vida, aproveitando cada dia, dita muita da nossa reação em futuras dificuldades.

Aproveitem este dia de chuva, bem cinzento e desconfortável, e aproveitem o trânsito pavoroso que vos atormentará ao final do dia, mas lembrem-se que este dia é único e há sempre coisas boas e felizes para desfrutar.

Anúncios

Autor: Ana Aurélio

Creative and in love with people.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s