A minha luta contra o pior dos meus vícios.

Psst, tenho uma coisinha para vos contar: estou há 19 dias sem comer açúcar (sem doces, chocolates e tenho reduzido ao máximo o açúcar em alimentos processados) e ainda não enlouqueci, nem bati com a cabeça contra a parede. No entanto, devo admitir que com o passar dos dias a vontade de comer um docinho ainda não passou.

Quem tem acompanhado os meus últimos posts já percebeu que tenho lido bastante sobre o tema, e a verdade é que sou daquelas que não gosta de se sentir refém de nada, e quando um livro me diz que estou dependente de açúcar… eu preciso provar a mim mesma que não estou!  Era uma questão de orgulho próprio. Então no dia 7 de maio decidi que seria o meu último dia com doces e para verem o desespero embuti um pastel de nata antes do jantar só para ter a certeza que não olhava para ele no meu primeiro dia de limpeza de açúcar.

Os primeiros 5, 6 dias foram um pequeno terror. Andava cansada e sem energia e com um humor mais ácido que um limão. Eu nem a mim me aturava. No início nem percebia bem o que se passava, mas depois compreendi que estava a passar por uma dolorosa ressaca, sim é verdade.

Foi a primeira vez que percebi que estava de facto muito ligada ao açúcar, embora ainda não aceitasse a ideia de viciada, pelo menos naquela altura.

Depois daquele mau inicio os tempos que se seguiram foram bem mais fáceis, e comecei a sentir-me mais forte. Só que quando julgava estar a ficar imune, eis que, nestes últimos dias, voltei a sentir-me uma senil desejosa por um chocolatito ou um geladinho.

Enfim, faltam dois dias para o fim do detox e acho que ainda preciso de mais uns 10 anos até conseguir controlar estas “ganas doceiras”. Verdade seja dita que com o calor que tem estado toda a gente come gelados e não é fácil ficar a olhar.

Mas pelo que tenho visto nestes últimos tempos esta é mais uma fase que se seguirá a outra fase melhor. Se o açúcar não fosse bom ninguém ficaria dependente, e hoje consigo reconhecer que estava viciada e percebo o quão mau era para mim. Só na primeira semana perdi 2kg. Sinto-me menos cansada e menos inchada também. Agora é continuar.

Até onde vou conseguir chegar não sei, mas acredito que sairei mais forte pelo menos na ligação com o açúcar. Pronta para entrar nos 32 com mais uma batalha vencida! 🙂

Hoje foi dia de desabafo. Estou sentada no sofá com os meus afilhados do Baby Boss e ao meu lado está um saco de gomas e chupas e eu… comi cerejas, apenas. Ana 1 – 0 Açúcar.

O meu objetivo é chegar aos 30 dias invicta. Quem está comigo nesta caminhada? Mais alguém que ande por aí sem comer açúcar?

Anúncios

Autor: Ana Aurélio

Creative and in love with people.

2 thoughts on “A minha luta contra o pior dos meus vícios.”

  1. Ola Ana, da-me mesmo vontade de experimentar nem que seja para uma semana, como um detox antes do verao chegar. E se afinal, posso perder esses mesmos dois quilos, seria uma maravilha !

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s