Livros que fazem os olhos mais bonitos.

Adoro ler. Eu sei que a há muita gente que acha que ler é uma seca-daqui-à-Lua, mas eu consigo mesmo deliciar-me com livros. Claro que há uns quantos que são uma seca para mim, ainda para mais quando os temas são dolorosamente maus e chatos tipo política e outros temas secantes (perdoem-me os que adoram estes temas :))

Embora goste muito de ler, no último ano praticamente não li, e uma das resoluções para 2017 foi começar a ler mais, forçando-me a despender mais tempo para isto. E tenho conseguido! Já li alguns, e estou a ler outros quantos bons livros este ano, alguns dos quais já aqui falei, outros ainda não.

O Livro do Hygge, de Meik Wiking

Adorei cada linha deste livro. Tem tudo a ver comigo. Retrata a realidade dinamarquesa, muito diferente da nossa, mas independentemente da cultura foca o essencial: são as pequenas coisas que nos trazem mais felicidade. Claro que as grandes coisas também, mas tudo começa nas pequenas coisas como estares com quem mais gostas, aprenderes a desfrutar da tua casa, do que tens e de quem tens à tua volta. O básico dos básicos que muitas vezes quase nos esquecemos. Gostei tanto deste livro, e falei tanto dele que várias amigas o compraram e leram também. Para mim foi começar o ano focada no que verdadeiramente vale a pena.


Os dois próximos livros são de alimentação. Isto porque no final do ano passado deixei de comer carne e a minha atenção com a alimentação redobrou. Mas o açúcar era uma preocupação. Eu adoro doces e não dispensava um quase todos os dias (embora não em quantidades massivas mas um pouquinho era sempre), mas sentia que não podia ser saudável ingerir todo aquele açúcar. Então estes dois livros foram a força que eu precisava para começar o meu detox e hoje faz precisamente 17 dias que não ingiro açúcar (excepto aquele que está em alimentos e mesmo aí reduzi-o ao máximo). Aprendi a ler os rótulos, e sinto-me muito mais confiante a tomar boas decisões no que toca à alimentação. Claro que dá mais trabalho, mas a verdade é que com o know-how certo conseguimos mudar.

Os livros que li foram:

Guerra ao Açúcar, Sónia Marcelo e Sem adição de Açúcar – A Bíblia, Sue Quinn.

 

Por fim, o mais recente (que recebi há dois dias e já está praticamente no fim!) é do Miguel Raposo, um verdadeiro guru das redes sociais e que agencia os maiores influenciadores portugueses. Estive no lançamento do livro dele e tive a oportunidade de falar com ele sobre esta questão. É incrível ler e compreender o potencial das redes sociais, e embora eu até achasse que já tinha algumas noções a verdade é que este livro ensina-nos como podemos gerir bem as nossas redes. Muito fácil de ler, numa linguagem super acessível, quase temos a sensação que estamos a ter uma agradável conversa com o Miguel. Vale mesmo a pena se ainda por cima for um tema que nos interessa, o que no meu caso não é difícil de compreender, correto?

Torna-te um Guru das Redes Sociais, Miguel Raposo.


Continuo a ler outros livros em paralelo, mas já falei deles. Estes foram os que já terminei (ou já estou mesmo no final).

Têm algum livro para me sugerir?

Anúncios

Autor: Ana Aurélio

Creative and in love with people.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s