Debate: cirurgias plásticas

Há um tema que gostava de debater hoje, um tema controverso, que nos deixa a pensar a todos: cirurgia plástica.

Por várias vezes, fui questionada sobre qual a minha posição relativamente ao tema. Não gosto muito de dar a minha opinião pois há sempre quem nos interprete mal, mas hoje lá terá de ser!

Em primeiro lugar há cirurgias e cirurgias. Há operações que verdadeiramente melhoram e ajudam o paciente a sentir-se melhor consigo mesmo. Há operações em que os resultados são (e têm de concordar comigo) CATASTRÓFICOS! E digo isto para não dizer pavorosos, terríveis, assustadores!

Ora vejamos:

lindsay-lohan-23419

Lindsay Lohan uma jovem de 28 anos fez isto ao rosto.

17

Donatella Versace de 59 anos, achou que envelhecer assim seria melhor.

Acho que a cirurgia plástica deve ser um recurso que só deve ser utilizado em situações muito específicas, e segundo alguns parâmetros que não devem ser esquecidos: todos nós envelhecemos, podemos tentar atrasar esse facto, mas nunca devemos tentar contorná-lo. A natureza tratará de nos mostrar que ficaríamos muito mais bonitos com as rugas que a idade nos trouxe, que “mutilados” pelas múltiplas cirurgias plásticas. A diva Simone de Oliveira disse uma vez esta frase que considero perfeita para esta questão:

«Sofri tanto para ter as minhas rugas que não quero que as apaguem».

As cirurgias devem ser recursos apenas utilizados em questões pontuais, pormenores e nunca devem alterar a génese do nosso rosto. Vejam este caso:

renee1

A actriz Renée Zellweger fez recentemente uma cirurgia plástica e o resultado foi isto! Nem consigo acreditar que são a mesma pessoa! Será que ela se reconhece ao espelho? Questiono-me o que leva alguém a submeter-se a uma cirurgia que lhe mudará o rosto de forma tão drástica? Onde está a ética de um profissional que a troco de dinheiro aceita fazer isto a uma paciente?

O desespero das pessoas em relação à sua imagem aliado à falta de ética profissional no meio da cirurgia plástica gera estes resultados. Não vale tudo! Deve haver limites e regras. Não falamos de uma rinoplastia (e mesmo as rinoplastias… há algumas que são assustadoras também), ou de um pequeno aperfeiçoamento que apenas nos ajuda a gostarmos mais de nos ver ao espelho. Isto não é um pormenor, tal como a Lindsay ou a Donatella, são profundas mudanças que as tornam quase irreconhecíveis.

Há no entanto, alterações que não considero graves ou erradas, uma vez que apenas melhora a aparência geral do paciente. Uma Guru de maquilhagem que sigo, a Julie G, há algum tempo submeteu-se a uma rinoplastia. De facto, vista de frente  não se vê qualquer diferença no rosto, e esta é apenas possível de se ver quando ela se perfila.

Captura de ecrã 2014-11-6, às 11.28.37

Neste caso acho que tem a ver com o paciente. Se ele sente que precisa desta alteração, força! Acho, pessoalmente, que ela ficou melhor. Espero que fique por aqui, pelo menos no que toca ao nariz.

Há ainda situações em que os pacientes precisam da cirurgia para voltarem a sentir-se bem consigo mesmos, como é o caso de pessoas que sofreram acidentes e ficaram desfiguradas ou marcadas, ou que passaram por doenças que mas marcou fisicamente. E nestes casos, quando a cirurgia plástica é quase terapêutica sou uma verdadeiramente apoiante! (melhor não colocar fotos, pois não?)

Portanto como podem perceber, não há uma posição única da minha parte. Há situações que sou profundamente a favor, há situações que digo ok(!), e há outras que me discordo totalmente.

E vocês? O que acham? Gostava de vos ouvir.

Anúncios

Autor: Ana Aurélio

Creative and in love with people.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s